Skip to content
Pássaros Exóticos

Coruja Rasga Mortalha

coruja rasga mortalha

A coruja rasga mortalha é uma ave de porte médio medindo até 36 centímetros. As suas asas com longas envergaduras podem ir até 110 centímetros.

Apresentam uma plumagem de cor marrom com cinza nas costas e dorso. A sua cabeça possui uma cor branca e tem a forma de um coração. Para contrastar, os seus olhos são negros.

Por ser considerada agourenta pois ela pode acusar quem vai morrer. Assim existe uma lenda acerca dessa ave. Veja a seguir todas as curiosidades sobre essa ave.

Qual o habitat da Rasga Mortalha?

Esta coruja está espalhada ao redor de todo o mundo. Além de ser encontrada no Brasil, também pode ser achada na Europa, na Índia, na África e no sudeste asiático.

Por ter uma grande abundância de habitats, a coruja em rasga mortalha está em campos abertos e forros de igrejas. Também tem como habitat cavernas, savanas, córregos, pastagens, margens de vales de drenagem e áreas reflorestadas.

Lenda

A ave, também conhecida pela lenda de Suindara, obteve o nome popular de rasga mortalha no norte e nordeste do país.

Reza a lenda que havia uma menina chamada Suindara. Ela era conhecida em toda a cidade por ser uma carpideira. E por ser muito respeitada por todos e inteligente, era chamada de “coruja branca”. O seu pai se chamava Eliel e era conhecido por ser um poderoso feiticeiro.

Certo dia Suindara se apaixonou por Ricardo que era filho da Condessa que se chamava Ruth. No entanto, Ruth não aceitava que seu filho namorasse Suindara por ela ser carpideira, profissão que chora por pessoas em velórios.

Certo dia Ruth descobriu sobre o namoro entre Suindara e seu filho e ordenou que a matassem. Então ela, a mãe do rapaz, fez um encontro falso a nome de Ricardo e quando Suindara apareceu, os homens da Condessa a mataram.

Toda a cidade ficou de luto com a morte de Suindara e mandaram construir uma estátua de uma coruja branca. Essa estátua ficou no túmulo de Suindara.

Entretanto, Eliel descobriu que Ruth tinha mandado matar a sua filha e elaborou um plano para se vingar. Para isso, executou um ritual antigo para se vingar da Condessa.

Ele se dirigiu até ao túmulo de Suindara e fez com que o seu espírito se transformasse na coruja da estátua. Depois disso, o monumento da coruja branca ganhou vida e voou até à sacada onde Ruth dormia.

Lá a coruja começou a piar e ao amanhecer Ruth estava morta. Dizem que as suas roupas estavam rasgadas e que haviam ouvido o som de tecido a rasgar.

Até hoje se acredita que a coruja seja agourenta e que quando pia pousada numa casa, alguém nela irá morrer.

Reprodução

coruja rasga mortalha
Foto: Reprodução.

Os machos desta espécie de coruja pesam aproximadamente 470 gramas enquanto que as fêmeas têm 570 gramas. A reprodução desta espécie começa logo quando têm apenas 10 meses e pelo menos 1 vez por ano.

Apesar de serem aves, um casal de corujas é monógamo pois ficam juntos durante toda a vida após acasalarem.

O seu ninho é normalmente feito num prédio antigo, num penhasco ou numa árvore oca. É nesse ninho que as fêmeas pões os ovos que produzem. Podem produzir de 4 a 7 ovos que irão pôr com 2 ou 3 dias de diferença.

Depois disso, a fêmea passa pelo processo de incubação que dura cerca de 32 dias. Enquanto isso, o macho fica responsável por trazer alimentos para o ninho.

Depois de nascerem, os filhos da rasga mortalha podem ficar com os pais até aos 3 meses de idade. Entretanto, quando possuem 50 dias de vida, já são capazes de voar.

Se criada em meio selvagem, esta espécie de coruja pode chegar a mais de 10 anos de vida.

Alimentação

A coruja tem hábitos noturnos, como qualquer outra coruja. No entanto, é conhecida por ser uma excelente predadora.

A sua alimentação é muito variada podendo incluir animais roedores e até mesmo outras aves. Pode se alimentar também de:

  • Invertebrados
  • Cobras
  • Répteis
  • Lagartos
  • Morcegos
  • Anfíbios
  • Marsupiais

É também característico que a sua alimentação não inclua água. Pois toda a substância líquida que necessitam é encontrada na carne que consomem.

Além de comerem os seus predadores inteiros, são as crias mais velhas que têm alimento em primeiro lugar. Pode acontecer de os filhotes mais novos morrerem de fome. Caso aconteça, é normal que os mais velhos os comam para garantirem a sua sobrevivência.

Som e canto da Rasga Mortalha

Existem uma série de diferenças entre o som e o canto da coruja rasga mortalha. Enquanto que o som é mais delicado se assemelhando a seda rasgando, o canto se parece com um grito.

O grito dela tem um tom sofredor que até explica a lenda:

Coruja Rasga Mortalha
5 (100%) 4 vote[s]